sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Reflexões sobre Agosto...

@sosaioassim

Agosto chegou... e chegou muito rápido né!


Essa semana eu postei uma foto no insta (essa foto aqui ao lado) e na legenda eu disse que queria gravar um vídeo sobre alguns assuntos que vi e li e que super fizeram sentido pra mim... mas, quem me acompanha no stories sabe que estou super gripada desde o dia 23/24 de Julho e não estou muito em condições de ficar falando em vídeos por ai... Portanto, resolvi seguir o meu bom e velho modelo de post escrito e passar os insights que tive nesses últimos dias.

Bom, vamos começar do começo... hehe
Agosto, o mês do desgosto...

Eu acordei um dia pensando em como Agosto é um mês odiado pela maioria das pessoas... “365 dias em 01 mês”, “sem feriado”, “mês do cachorro louco”. 
Com certeza já ouvimos muitas vezes essas frases sendo repetidas por ai.

Eu fiquei pensando em como dizer essas coisas é ruim para nós mesmos e queria achar alguma forma de deixar esse mês mais prazeroso e com boas energias. Fazer algo por mim, algo diferente... sei lá!

Foi quando eu comecei a cair de insta e insta aleatoriamente e a ouvir e ler coisas que me fizeram pensar: é isso!

Bom, outro dia apareceu na minha frente um post que a Joana Cannabrava do  blog F-utilidades fez sobre gordofobia, mais precisamente sobre os comentários que as mães fazem a respeito dos corpos das filhas. 

Sim, as nossas mães, as pessoas que mais nos amam no mundo, muitas vezes acabam projetando os medos e as inseguranças delas na gente, mas isso não quer necessariamente dizer que o problema é nosso... Porque geralmente não é!

Isso me levou a outro pensamento que já ouvi diversas vezes a Fla Cavasotti e a Isa Mezzadri repetirem: sempre que alguém te critica significa que aquilo é algo da própria pessoa que a incomoda e precisa ser mudado. A mesma coisa vale para quando criticamos alguém... geralmente é um problema nosso e que precisamos refletir.

Então, quando a sua mãe te diz que você é gorda, é porque ela tem algum tipo de problema com isso... seja porque foi criada para ser uma mulher perfeita ou por qualquer outro motivo do mundo, mas isso não é um problema seu!
Para ler a matéria completa do F-utilidades, clique aqui!

Pouco tempo depois que eu li esse texto eu fui parar no insta de uma coach que eu NEM CONHECIA chamada Debs Aquino e acabei vendo uma live dela sobre o tema “preciso ser magra para ser amada”.

O conceito da live tinha muito a ver com o texto da Joana que eu tinha lido e em dado momento a Debs disse que uma paciente dela mencionou que a sua mãe sempre dizia “seu marido é tão bonito e vocês está acima do peso, se cuida” e isso gerou nela a insegurança de achar que precisava ser magra para ser amada pelo marido. 
Vocês têm noção do tanto que esse pequeno comentário pode estragar os relacionamentos das pessoas?

Debs disse ainda que fomos criadas para agradar e amar as outras pessoas e não fomos criadas para termos amor próprio... e quando alteramos essa ordem tudo muda, pois mesmo que o outro nos dê o melhor amor do mundo, raramente ele vai suprir todas as nossas expectativas e vamos nos sentir mal.. Mas, quando colocamos o amor próprio como centro das nossas vidas, tudo muda!
O que você faz que te traz a sensação do amor? Ou ainda, quais qualidades te tornam uma pessoa única? Eu duvido que magreza seja a primeira resposta... Pensemos nisso!

Depois de refletir sobre essas questões, ler sobre astrologia e todos esses assuntos, resolvi fazer de Agosto ser um mês diferente, onde eu possa me conectar mais comigo mesma e fazer coisas que me transformem de alguma forma.

Eu sempre tive problemas com imagem, como a maioria das mulheres. Não costumo sair de casa sem maquiagem, pois tenho olheiras imensas e vários melasmas, não gosto de usar biquíni, pois estou beeem acima do meu peso e blá, blá, blá...

Mas depois de ler e ver tudo o que vi, resolvi focar em outras coisas e não só no corpo. Decidi focar na minha alma e no meu comportamento.

Foi ai que fui parar no insta da Manu Carvalho e lembrei que ela faz um esquema semanal de pequenas metas. Sempre adorei essa ideia e resolvi incorporar para este mês. Fazer coisas diferentes, coisas que eu acabo não fazendo, pois estou perdendo o meu tempo com outras coisas não tão importantes, enfim... fazer o que eu achar conveniente naquela semana.

Foi quando peguei o livro que estou lendo, mas não estou realmente lendo e resolvi retomar a minha leitura. O livro é nada mais, nada menos do que O Poder do Hábito e em apenas umas 5 páginas que eu li vi tudo o que precisava fazer..

Por exemplo, eu quero terminar de ler esse livro ainda esse mês. Para atingir esse objetivo terei que analisar os motivos que me fazem não ler o livro e mudar a deixa (comportamento) até conseguir um novo hábito (tô explicando mais ou menos, mas é por ai a ideia central). 
Vi que a minha deixa para não ler livros em geral é justamente ficar perdendo tempo no celular e resolvi mudar a deixa. Quando eu deitar, antes de pegar no bendito celular, vou pegar o livro e ler de 10 a 20 páginas dele pelo menos. Espero com isso adquirir o novo hábito da leitura que ficou perdido em algum lugar da minha vida...

Isso vale para tudo!!

Quero viajar mais, logo tenho que me planejar pra isso. Percebi que gasto MUITO dinheiro com saidinhas e cerveja. Sendo assim, resolvi me desafiar a não beber em Agosto (não tanto pelo menos, hehe) e guardar todo o dinheiro que eu gastaria com isso para poder viajar depois.

Esses são exemplos de pequenos planos que no final fazem uma grande diferença.

No final de todas essas pequenas reflexões fiquei com a sensação de que podemos sim fazer Agosto ser um mês incrível, cheio de novas descobertas e boas histórias.

Vamos focar no que realmente importa: amor-próprio, autoconhecimento e vamos focar menos no que as pessoas pensam de nós!

Ter as pequenas metas semanais ajuda a dar um estímulo maior para a semana e deixa tudo mais leve.

Enfim, espero ter conseguido expressar um pouco do tanto que refleti. Deixei todos os links e instas clicáveis para que vocês possam também se inspirar com essas pessoas.

Bom agosto pra gente <3 span="">

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares