sexta-feira, 30 de novembro de 2018

#ColunaCorujão Outubro: Apostas para o verão 2019


Em setembro foi dada a largada para a maratona de desfiles de moda internacionais e com isso nós conseguimos ter uma ideia de quais serão as tendências mais importantes da temporada. A semana de moda de Nova York é uma das mais populares e acaba ditando grande parte das tendências que vão para as ruas. Algumas ideias e peças de roupas desfiladas já existem no armário da maioria de nós, então só precisamos readaptar para o jeito 2019 de usar. 

Separei as 5 tendências que eu considero mais fortes no quesito roupas e acessórios:

NEON

Até o momento, a tendência neon está reinando absoluta nos desfiles, como vimos nas passarelas de Jeremy Scott, Escada e Prabal Gurung, que criaram looks com peças em tons fluorescentes de pink, verde, amarelo e cia.

Nas ruas, it girls como Chiara Ferragni e Camila Coutinho já aderiram à tendência. Caso você não seja muito fã de produções chamativas, saiba que existem vários jeitos de apostar nas cores fortes. O neon consegue transitar entre looks fashionistas, produções clássicas com blazers, na praia e em looks mais casuais e esportivos.

Além do neon, a maioria dos estilistas apostou no uso de cores blocadas ou em looks monocromáticos nesta temporada. Marc Jacobs assumiu todas elas em sua coleção desfilada em clima dramático e fantasioso no encerramento da temporada. 

ESTAMPAS

As estampas estão muito presentes no próximo verão e não é só de floral que a moda vive. O xadrez segue firme e forte, mas foi repaginado e ganhou ares de verão com as cores mais leves e linhas mais espaçosas. O animal print é outra estampa que tomou conta das ruas e está sendo usado tanto nos looks como nos acessórios.               

Já o poá, que foi a estampa mais queridinha do último inverno, foi visto nas passarelas do NYFW. Marcas como Carolina Herrera desfilaram looks descolados e leves. 

As listras prometem também vir com força total na próxima estação! A estampa aparece em cores fortes e linhas espessas. Geralmente associamos as listras ao universo náutico, mas em 2019 elas prometem seguir outros caminhos, como mostraram Tory Burch e Prabal Gurung. 

TOTAL WHITE

Quase todos os desfiles da New York Fashion Week tinham pelo menos um look branco na passarela. Aposta certeira!

ACESSÓRIOS

No quesito acessórios, eu gostaria de chamar atenção para duas das principais tendências para o verão 2019:

CONCHAS

Acredite se quiser, o colarzinho de búzios (velho conhecido das brasileiras) é o acessório mais popular deste verão.  Celebridades e blogueiras internacionais estão usando não apenas os colares com búzios, mas também tornozeleiras e brincos seguindo o mood praiano.

A Prada iniciou essa febre ao usar o acessório em seu desfile de inverno 2018 e misturá-lo com tricôs, casacos e looks invernais. Pois, acredite, o item apareceu muito no street style do New York Fashion Week sendo usados em produções mais urbanas!

BOLSA REDE

A net bag, ou bolsa rede está dando o que falar. O modelo que veio do universo dos barcos de pescadores e banca de frutas chegou ao mundo da moda.

Tudo começou quando Demna Gvasalia, um designer belga conhecido por ser um grande lançador de tendências desenvolveu o acessório para a coleção de verão 2018 de sua marca Vetements . Como sempre tudo o que ele faz vira sucesso, não demorou muito para o item fazer a cabeça dos mais fashionistas.

Caso você seja do tipo que não gosta de mostrar o que tem dentro da bolsa vale apostar em um truque de styling: colocar uma bolsa dentro da outra. Fica fashionista e mais seguro.


segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Estampa do verão: Polka dots - 03 looks diferentes

A famosa estampa de bolinhas já provou ser a rainha do verão.

Ela fica charmosa em vários tipos de looks, desde uma pegada mais romântica, até em looks mais esportivos.. além de ser uma ótima forma de misturar com outras estampas e fazer um mix and match cheio de estilo.


Eu adoro brincar de styling e resolvi montar 03 looks diferentes usando vestidos com estampa de bolinhas como base.



Espero que gostem!


Romântica



Esportiva



Fashionista


sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Tendência à vista: sombra lilás

Purple rain, purple rain....
Fiquei cantando essa música mentalmente enquanto escrevia esse post, hahaha.
Resolvi fazer esse post, pois achei curioso que essa semana eu vi 3 influencers postando fotos no instagram usando sombra ou delineador lilás. É uma tendência para ficarmos de olho e que provavelmente vai bombar jajá. 







Compre o Look:





segunda-feira, 5 de novembro de 2018

#InspiraçõesdeSegunda

A partir de agora, às segundas-feiras (não sei se serão todas, hehe) eu pretendo passar algumas dicas de vídeos, podcasts, músicas, leituras, dicas de moda ou qualquer coisa que me inspire e que eu acredite que possa inspirar vocês também.
Para começar eu resolvi compartilhar um vídeo da Isa Mezzadri, que é a astróloga digital influencer preferida de quase todas as pessoas que curtem o tema, uma playlist da Tete Feder, outra digital influencer que faz as viagens mais incríveis EVER e também um acessório de moda que está super em alta, mas que ainda é meio "ame ou odeie". Espero com isso fazer com que a gente olhe para o tal acessório e tente incluí-lo no dia a dia de alguma forma... É o que eu sempre digo... vamos brincar com a moda! 

Espero que vocês gostem dessa nova tag: inspirações de segunda!

Os links estão abaixo.



LINKS:
Vídeo: https://youtu.be/fzRDoas0VsY
Spotify: https://open.spotify.com/user/tetefeder/playlist/3jikP26E1facvuslr2DSeS?si=OjNCBnpeSt26AhOU5K1eRQ

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

#ColunaCorujão Setembro: Body Positivity - Como usar a moda a favor do amor próprio.


Em tempos de fotos de vidas perfeitas pipocando nas mídias sociais e uma avalanche de #selfies, é comum sentirmos certa tristeza e frustração ao nos compararmos ao outro. Na internet temos a impressão de que a roupa, a casa, o corpo, as viagens e a vida do outro são sempre melhores que a nossa. 

Quando damos importância demais aos comentários e curtidas de terceiros sobre a nossa vida, estamos colocando o nosso amor próprio em segundo plano e buscando ser aceitos por pessoas que às vezes nem conhecemos pessoalmente.

Esse tipo de comparação está gerando diversos problemas de autoestima, principalmente nas mulheres. A busca pelo corpo perfeito está cada vez mais fora de controle.

Indo completamente contra essa maré surgiu movimento #bodypositivity. Traduzindo para o português significa positividade corporal. Trata-se de um movimento que visa recuperar e fortalecer o amor próprio das pessoas e também a extinção de um único padrão de beleza.

Isso não significa parar de se exercitar ou de comer comidas saudáveis, caso isso te faça bem. Não significa para de querer cuidar do corpo e não praticar alguma atividade física. O movimento visa ensinar que as pessoas devem parar de odiar os pequenos detalhes do corpo que não podem mudar. É preciso aprender a conviver com as falhas e ser feliz sem se preocupar apenas com os padrões estéticos estabelecidos pelo mercado.

De acordo com uma matéria da Revista Glamour, um estudo divulgado pela rede de tratamentos Onodera em 2011 revelou que apenas 8% das brasileiras estão totalmente satisfeitas com o próprio corpo.  É um número absurdamente baixo e que precisa urgentemente ser transformado.

As mulheres vivem numa prisão estética, seja pela cor da pele, pelo formato do corpo ou pelas  rugas no rosto. O movimento body positive quer ampliar nossa percepção de que o belo é justamente a diversidade que existe nas pessoas.

Quem adere ao movimento possui naturalmente uma atitude mais positiva e amorosa em relação ao próprio corpo e não se frustra ou se diminui por conta de uma aparência que talvez não se encaixe nos padrões estabelecidos pelo mercado.  As pessoas positivas com relação ao próprio corpo sabem que o seu cabelo, tipo físico e formato corporal devem ser exaltados, pois é o que as torna únicas em meio a multidão.

Vale ressaltar que a pessoa que está dentro dos padrões de beleza tradicionais pode ser body positive no sentido de aceitar e ver a beleza de cada pessoa e incentivar o amor próprio, além de se enxergar-se belo, pois magreza não é e nunca foi sinônimo de felicidade e autoaceitação.

Uma das formas de começar esse processo interno é cercar-se de pessoas positivas. Pessoas negativas acabam julgando os outros sem motivo e podem atrapalhar a sua evolução.

Faz parte também do conceito body positive não julgar o outro pela sua aparência. Muitas vezes não percebemos que, ao comentar o corpo do outro e questionar suas escolhas, damos força para que a pessoa também caia na armadilha da perfeição.

Evite a autodepreciação. Olhe-se no espelho e aprenda a se amar. Aprenda a valorizar os traços que fazem de você uma pessoa única! Ao encontrar o seu estilo pessoal, por exemplo, você aprende a se vestir de modo mais confiante e passa consequentemente a se amar mais.

Pare de seguir modelos ou pessoas muito fora da sua realidade no Instagram. Siga pessoas normais e que levem uma vida compatível com a sua. Raramente alguém será Gisele Bündchen, portanto a frustração por não atingir os mesmo padrões que o dela é desnecessário e em vão.

A autoaceitação implica em entender que a nossa vida é imperfeita e que podemos errar, mas que isso não define a nossa felicidade.

Vamos libertar os padrões! A moda é uma ótima ferramenta para isso. Modelos e lojas plus size estão crescendo cada vez mais. Lojas que fazem parceria apenas com blogueiras dentro do padrão de mercado estão sendo crucificadas na internet. Toda essa movimentação nos mostra que o futuro da moda não vai ser apenas sobre tamanhos, mas sim sobre a mensagem que a marca passa aos outros. A personalidades das marcas e modelos vai contar muito mais, independentemente do seu tamanho ou da sua cor de pele.

Postagens populares