sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Homenagem ao meu Papito pelo dias dos Pais!

Quanto mais velha eu fico (afff), mais percebo como as relações familiares são únicas.
Quando somos crianças, queremos que nossos pais sejam legais como os pais da nossa amiguinha. Ficamos de cara feia quando eles nos mandam parar de ver TV e ir dormir e achamos que o mundo vai acabar quando eles não nos deixam ir na festinha da galera... E geralmente, quem faz isso tudo??? SIM, nossos pais..os machos da casa! Kkk.. Só depois de longos anos damos o devido valor a isso tudo e percebemos como nós somos os adultos que somos por conta desses ensinamentos, digamos, um pouco irritantes. rsrs
A relação dos filhos com os pais é diferente..não sei explicar...principalmente quando somos a "filhinha do papai”. Sim, sou uma delas!
Meu pai sempre foi todo sistemático comigo, não me deixava sair com as minhas amigas, ia me levar e buscar em toooodos os lugares e sempre teve "a lista" de coisas que eu tenho que fazer. Essa lista existe até hoje, a diferença é o modo como eu escuto e a encaro...e ele continua sistemático, mas agora eu dou risada e nem ligo mais, rsrsrs.
Os nossos pais são os nossos primeiros modelos de homem. Dizem que toda a nossa vida amorosa vai ser baseada na relação que temos com eles. Ou procuramos alguém como eles, ou o oposto completo! (Morrr, ainda não sei se você é igualzinho ou totalmente diferente, rsrs)
O meu PAI é único. Sempre esteve comigo em todos os momentos que precisei ou simplesmente quis a sua presença. Ele é o cara mais legal do mundo. Faz pose de bravo, mas é todo doce.
É o cara que lê história para a filha dormir.. e nunca é qualquer historinha, não. Tem sempre a princesa (eu, dãrrrr) e o bando de gente que veio para resgatá- la da torre mais alta do castelo (desde Didi mocó até o He-man, todos juntos!!! SENSACIONAL).
Ele também é o cara que fala para os filhos guardarem 20% do salário (OI?? acho que perdi esse momento, rsrsrs), que acorda as 3 horas da manhã para ir buscar os filhos na night de outra cidade, que olha o boletim da escola e, mesmo que só tenha nota 10, ele fica meia hora discursando sobre a importância do estudo.
Ele é o cara que dá valor a família e a coloca em primeiro lugar, que faz sacrifícios para ver os filhos felizes.
Ele também ensina a filha a gostar de Vinícios de Moraes e Tom Jobim, e faz a pobre criança ler qualquer livro estranho e chato para ficar mais culta.
Ele é o pai que, quando a filha tem uma competição de corrida na escola, banca o treinador e faz um mega café da manhã...que no final das contas vira um vuco-vuco no estômago e faz com que a prova nunca seja completada.
Ele é o pai que finge achar normal conhecer os namorados da filha, que se apresenta para eles com um aperto de mão e dizendo o Sobrenome.. kkkk... e é também o pai que finge achar ótimo a filha casar e mudar para outro estado.. mas que denúncia tudo quando a filha volta aos finais de semana e ele fica todo bobo e com brilho nos olhos. (Rá, pensa que eu não vejo, é?!!)

Enfim, meu papito é O cara e vai ser sempre o melhor homem do mundo pra mim. Amo tanto, mas taaanto essa coisica, que choro só de escrever isso...kkk (manteiga derretida).

Papito, essa é a minha pequena homenagem ao grande Pai e homem que você é!
Te amo!

Para fechar com chave de ouro, resolvi colocar a música que mais me lembra ele.. faz parte da trilha sonora de um filme fofo e que sempre que eu vejo choro de saudade do velhinho!
The Way you Look Tonight - trilha de O PAI DA NOIVA


Lindo da minha vida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares