sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Na Vitrola: Brasil Pandeiro e o melhor disco brasileiro de todos os tempos

Eu nunca fui o tipo de gente que começa a dieta na segunda feira, ou que programa em março a viagem de dezembro, ou até mesmo a pessoa que vai ao mercado com uma lista perfeita de compras. Então me diz, porque raios eu achei que começaria a postar no blog no dia 02/01/18?
Nada mais ‘eu’ do que voltar a postar numa sexta feira, já quase no final do mês!

Para aproveitar a energia do #sextou, vamos postar uma musiquinha né, Brasil!

Difícil pensar em uma música que não seja samba em épocas que antecedem as minhas comemorações de carnaval, hahaha.. eu só penso em Marchinhas, fantasias e glitter.

Sendo assim, para entrar devagarzinho no embalo do carnaval, vamos ouvir Brasil Pandeiro, música que abre o álbum Acabou Chorare, dos Novos Baianos ... um dos álbuns mais incríveis que eu já ouvi.

Pensa num grupo que mistura como ninguém o rock com o samba?! Se bem que não tem como tocar samba mal quando o seu padrinho musical é nada mais, nada menos do que João Gilberto.

Olha que incrível o que o Moraes Moreira disse certa vez sobre a banda: "Estávamos influenciados pelo rock, ouvíamos muito Jimi HendrixJanis Joplin, todas aquelas bandas dos anos 70. Mas foi ali, com o João Gilberto, que a gente acordou para o samba. Quando ele nos mostrou "Brasil Pandeiro", do Assis Valente – chegou a hora dessa gente bronzeada mostrar o seu valor –, entendemos qual era a mensagem dele. Começamos a incorporar no nosso som o cavaquinho, o pandeiro, tudo isso, sem perder a pegada do rock. Era samba com energia de rock. Foi isso que fez os Novos Baianos chegar diferente. Fizemos o disco Acabou Chorare, foi um marco.”

De acordo com o Wikipedia, mesmo mais de 40 anos após seu lançamento, o álbum permanece como um dos mais importantes da música popular brasileira e também um dos mais influentes.

Falando um pouco sobre estilo, o que dizer de Baby dos anos 70/80? Eu acho a imagem dela fascinante.. uma coisa meio boho tupiniquim, meio rock, meio brilho é absolutamente incrível e uma inspiração para mim até hoje. Ela foi pioneira... andava com os cabelos coloridos em plenos anos 70. Musa!


Deixo a sexta feira de vocês com muito mais estilo e musica boa! Aproveitem.
Aproveito para desejar um feliz 2018 para nós!

É sempre bom lembrar que eu tenho uma playlist com todas as músicas que já passaram pela tag Na vitrola no Spotify. Clique aqui e ouça!





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares