quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Bem-estar: Dicas para não enlouquecer em Dezembro
















Dezembro chegou.. e dessa vez chegou rápido demais! Com ele vem aquela loucura característica de fim de ano. Ficamos preocupados, pois precisamos comprar presentes de natal para a tia, para o chefe, para o namorado, para a mãe.. e os presentes precisam ser bons, para mostrar como somos bem sucedidos... Precisamos pensar na ceia de fim de ano e onde vamos passar o Réveillon. Ah, também precisamos pensar no look do ano novo.. e na calcinha.. e todos tem quer ser novos para trazer sorte! Isso tudo acontece para que em janeiro a gente comece a se preocupar com as contas.. e esse ciclo é infinito =(

É tanta cobrança que muitos de nós sofremos picos de estresse e ficamos muito mal internamente. A energia some. 

Dai eu te pergunto: Para que tudo isso? 

Você acha mesmo que a sua vó vai ligar para o preço que você pagou no presente? E, caso ela ligue, está ai uma ótima oportunidade de conversar com ela mais profundamente sobre o sentido da vida, do natal, das comemorações. Desculpe, mas eu não vim ao mundo para ser definida pelo preço que paguei no meu vestido ou nos presentes que dou.

Portanto, durante esse mês de loucuras mil, vou passar para vocês algumas formas de se reconectarem com a sua essência... e com isso eu também vou aprendendo a me reconectar com a minha. 
Vamos parar e respirar por 1 minuto, por favor! Vamos ser mais empáticos e aceitar mais o processo de evolução do outro. Vamos ser mais humanos e menos robôs buscando outra forma de comprar a felicidade. 

Para começar, gostaria de falar sobre 2 coisas: uma dica de filme e um evento que tem tudo a ver com o que eu estou querendo passar para vocês.

O Netflix liberou recentemente o documentário Minimalism, que retrata a viagem de divulgação do livro dos minimalistas Joshua Fields e Ryan Nicodemus.
Eu já conheço esse projeto há algum tempo, desde que vi uma palestra deles no TED, via youtube. Adorei a ideia e comecei a seguir os meninos no podcast e também  no youtube.
O documentário fala sobre pessoas que acreditam que bens materiais não trazem felicidade e levantam a questão de que menos é mais. 

Eu achei o filme um pouco pobre comparado com tudo o que eu já vi deles. Não falam nada exatamente. Explicam o conceito minimalista de uma forma muito superficial e não entram de fato na explicação de como podemos aderir a esse estilo de vida. Ficou claro que o documentário serve quase que exclusivamente como uma ferramenta de divulgação do livro.

De qualquer forma, acho válido para quem ainda não está familiarizado com o tema. Eles, mesmo que de maneira simples e superficial, abordam assuntos que são de imensa importância nos dias atuais, como por exemplo, o consumo excessivo como uma forma de encontrarmos a felicidade. eles também retratam como as empresas e a publicidade estão sempre trabalhando para nos sentirmos vazios e buscarmos a todo instante uma nova fonte (comprada) de felicidade. 
O documentário aborda a industria da moda e relata como as roupas perderam completamente o valor depois do surgimento das fast-fashion. Hoje temos 52 coleções por ano, aos invés de 2 coleções (como era na época das nossas avós) para sempre ficarmos com uma sensação de insatisfação e comprarmos mais roupas como forma de preencher esse vazio.

Enfim, fala sobre consumo excessivo e afirma que isso não nos faz mais felizes. Eles não são contra o consumo, mas acreditam que devemos comprar coisas que tenham um valor real nas nossas vidas. Eles dizem que devemos amar as pessoas e possuir coisas e não o contrário. 

Teve quem não gostou do filme. No site Petiscos eu vi um post escrito pela querida Mariana inbar detonando os meninos e falando que é tudo fachada.. 
Vale assistir e tirar as suas próprias conclusões. 
Para quem se interessar, eu indico a palestra do TED, que é beeeem mais legal que o documentário, hehe. Clique aqui para assistir o vídeo no youtube 

A segunda dica que eu queria dar para vocês é de um projeto muito legal que está sendo desenvolvido por duas amigas de itatiba, chamado Una Project. 
O projeto é encabeçado pelas queridas Érika Rossi e Renata Loffredo e trata sobre autoconhecimento, bem-estar e equilíbrio interior. 
Achei incrível!

Neste sábado, dia 09/12, as 09h00, elas vão fazer o Una Picnic, uma oficina de bem-estar no Parque da Juventude, em Itatiba-SP.

O propósito do evento é trazer aos participantes uma manhã leve, de encontro com a natureza e principalmente com nós mesmos, em busca de mais qualidade de vida, harmonia e equilíbrio interior. 
Elas vão oferecer meditações, vivencias, rituais de final de ano, exercícios de coaching e cura energética (reiki e thetaheling) que trarão mais harmonia entre as esferas física, emocional, espiritual e energética, como elas mesmas descrevem através de sua página no instagram @projectuna
O valor é de R$20,00 por pessoa e as inscrições podem ser feitas através do link que está na bio do insta.

Acredito que vai ser incrível e é uma ótima forma de nos reconectarmos com a nossa essência, especialmente em um mês caótico como esse. Vamos começar janeiro mais leves e mais conectados?!



Gostaram das dicas?
Ao longo do mês eu vou trazer mais inspirações como essa. Espero que a gente se inspire e não pire. hehe



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares