quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Resumão #SPFWTRANS42 - dia 04

O dia começou com a marca Iódice apresentando uma moda menos sensual e mais conceitual do que de costume. Trouxe inspirações da Índia e também do punk.. uma mistura que casou perfeitamente e deixou tudo mais interessante. As cores seguiram o conceito urbano globalizado: caramelo, amarelo fechado, terra e marsala.



A Água de Coco veio com um casting estrelado e buscou inspiração nas Maldivas. Muitos bordados e patches, além de referências ao surfe com o uso de zíper e brinco em formato de prancha. Outra referência marcante na coleção foi o tropicalismo, com looks cheios de estampas florais e abacaxis.



Um dos meus estilistas favoritos da vida, o mineiro Ronaldo Fraga, deu um show de sensibilidade e diversidade ao selecionar apenas modelos transexuais para o seu casting. A inspiração meio anos 30/40, meio tango emocionou o público.  Mangas bufantes, tules e um ar ladylike marcaram a maioria dos looks. A forma como o desfile foi apresentado marcou o quarto dia de SPFW.  Ronaldo mais uma vez se destaca e faz a sua apresentação se tornar referência para a futura moda brasileira.



O estilista Vitorino Campos usou e abusou da sensualidade versus sexualidade. Looks cheios de recortes, transparência  e formas estruturadas contrastam com peças mais leves em tons claros e modelagens mais largas.



Inspirado nos anos 50 e 80, Almir Slama trouxe muita sensualidade para a passarela. Recortes inusitados, preto, muita referência à lingerie, cintos marcando a cintura e botas enormes deram o tom do desfile.  Para tirar um pouco o clima quente da coleção, a marca apostou em bonés, feitos em parceria com a New Era.



Osklen...apenas a minha marca preferida da vida! Amo tanto que na época da faculdade fiz meu TCC baseado neles. Como era de se esperar, a marca mostrou aquele lado carioca chique que a fez famosa. Linho, seda rústica e neoprene fizeram parte dos looks, assim como tules em sobreposições. Uma peça inusitada e curiosa que a marca apresentou foi o  corset de palha, que acinturava os looks de algumas modelos. Oskar mostrou tudo o que fez o seu United Kingdom of Ipanema se tornar global e desejado por todos: aquele ar praiano e relax, como uma tarde de sol no posto 9.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares