terça-feira, 15 de março de 2016

Você tem estilo?

Você acredita que para ter estilo é preciso andar toda montada e maquiada? Acha que precisa saber o nome de todos os estilistas e estar por dentro de todas as novidades que acontecem nas semanas de moda?
Bom, se você balançou a cabeça para cima e para baixo, precisa rever os seus conceitos sobre imagem e estilo pessoal.

A moda nunca esteve tão democrática. Podemos nos vestir da maneira que nos sentirmos melhor. Não temos mais aquela lista interminável de imposições de moda. Sapato branco: pode! Brilho durante o dia: também pode!
Mais do que seguir regras, nós precisamos seguir o nosso coração, a nossa personalidade e sempre usarmos aquela pitada generosa de bom senso. Sim, o espelho continua sendo o nosso melhor conselheiro.

Estilo é autoestima, autoconhecimento e confiança. Precisamos nos sentir bem dentro da roupa que usamos. Essa é a melhor forma de acertarmos na equação look do dia + personalidade, resultando em um mix homogêneo e natural.
É sempre bom lembrar que precisamos saber sobre o tipo de evento, local e clima de onde vamos. 

A melhor maneira para entendermos o nosso corpo e o que nos cai bem é experimentando. Saber qual parte do corpo valorizar é fundamental.  
O estilo de uma pessoa é a soma de vários pontos como: personalidade, biotipo, hobby, idade, profissão, meio onde vive, etc.
Basicamente, os estilos estão divididos em: tradicional, criativo, elegante, sexy, esportista, romântico e moderno.
Para entender quais desses estilos mais se encaixa na sua personalidade, faça uma reflexão sobre a sua vida. Como é o seu dia a dia? Você usa mais salto alto ou tênis? Gosta de decotes? Como se sente em um ambiente formal? Pratica esportes?
Aos poucos você vai perceber que restam um ou dois estilos mais predominantes. 

Após detectar o estilo, é hora de olhar com carinho para o seu closet e verificar se as peças que possui estão de acordo com a sua personalidade e com a imagem que você gostaria de passar.

Além disso, é bom analisarmos o nosso tipo físico: corpo violão, corpo reto, ombros maiores que o quadril, quadril maior que os ombros, corpo arredondado, etc. Onde você se encaixa? A partir dessa análise conseguimos definir melhor as estruturas, ver qual tipo de peça cai melhor em nosso tipo físico, quais partes devemos valorizar e quais devemos esconder.


Ou seja, estilo é o conjunto de informações que conseguimos sobre nós mesmos alinhados ao modo como vivemos. Isso não é estático e muda com o passar do tempo. Na verdade, isso é o mais incrível: a nossa capacidade indeterminada de nos modificarmos e melhorarmos a cada dia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares